Na execução de um bom plano de Manutenção Preventiva, você deve saber o momento correto de efetuar o reparo ou substituição dos produtos pneumáticos de suas instalações, para trazer para a sua empresa o máximo dos benefícios possíveis:

• AUMENTAR A VIDA ÚTIL;

• AUMENTAR A CONFIABILIDADE;

• REDUZIR CUSTO DE INTERVENÇÃO EMERGENCIAL.

• MELHORAR A QUALIDADE;

Diagnosticar (detectar defeitos) em produtos pneumáticos e saber efetuar essas tarefas corretamente é fundamental para evitar erros como:

- NÃO substituir ou NÃO reparar produtos com potencial de quebra;

- Substituir SEM NECESSIDADE produtos dentro do prazo de vida útil e em bom estado.

A ação incorreta pode gerar:

- Perda de produtividade: interrupção da produção por parada de máquinas fora do previsto devido a quebra do produto;

- Custo Adicional de Mão de Obra: horas extras para intervenções de equipes de manutenção fora do expediente ou programação;

- Perda Econômica: trocar os elementos antes do necessário;

Em uma série de informativos, vamos demonstrar a você como evitar essas perdas e:

Quais os principais defeitos apresentados pelos produtos pneumáticos, como diagnosticar e prevenir.

Falaremos sobre as famílias de produtos pneumáticos mais utilizados no ambiente industrial:

• Atuadores / Cilindros

• Eletro Válvulas

• Unidades de Conservação (filtros e reguladores)

• Tubos e conexões